2Projetor de Cinema antigo

Quem nunca ficou curioso para saber como funcionam os projetores de cinema ao olhar para a janela da sala de projeção enquanto esperava o filme começar? Pois é! Todos que costumam ir ao cinema, pelo menos uma vez na vida, já se perguntaram o que rola por trás daquele vidro! Agora vamos conhecer os princípios básicos dos projetores cinematográficos e algumas curiosidades sobre as salas de projeção! A função básica de um projetor de cinema é fazer com que a película do filme em 35mm seja projetada em uma tela, normalmente a uma velocidade de 24 frames por segundo. Para isso é necessário que ele contenha: • Um sistema de bandejas, motores elétricos, rodas dentadas e cambers, que armazenam e movem a película na velocidade e posição correta; • Uma fonte de luz, espelhos e um condensador, que irão iluminar a película; • Um obturador e outro tipo de condensador (janela de abertura), que fará a luz incidir na película e passar pela lente no momento correto; • Um sistema de leitura de áudio; e claro: • Uma lente, que projetará a imagem em grande escala na tela do cinema. Veja abaixo um esquema que mostra os componentes básicos de um projetor:

2 Pipoca De Pimenta Exemplo dos componentes básicos de um projetor

Continua não entendendo nada? Vamos começar a explicação pelas películas de cinema! Como já falamos aqui no Pipoca de Pimenta, para obtermos a sensação de movimento, precisamos enxergar uma seqüência de imagens estáticas a uma velocidade mínima de 12 imagens por segundo. No cinema, essa velocidade é de 24 frames por segundo e na TV, normalmente é de 30 frames por segundo. As películas de cinema são fitas que contém uma seqüência de frames, ou seja, imagens estáticas dispostas seqüencialmente, que serão reproduzidas de forma que a cada 1 segundo, 24 imagens sejam projetadas na tela. Ao lado dos frames fica a faixa de áudio, onde é gravado o som do filme, e nas bordas ficam os furos de tração, que se encaixam nos dentes de engrenagens, também chamados de rodas dentadas, os quais possibilitam o movimento da película pelo projetor.

3 Pipoca De Pimenta Filme de película de 35mm

Os filmes em película de 35mm tem um alto custo de produção pois cada segundo do filme corresponde a 45,7 centímetros da película. Sendo assim, em 1 minuto de filme, temos 27,5 metros de película, em 1 hora de filme teremos 1.650 metros, e num filme de 2 horas, teremos 3.300 metros! Juntando mais 20 minutos de propagandas, avisos e trailers, vamos ter 3.850 metros de película! Devido ao tamanho dos longas-metragens, os distribuidores os dividem em rolos separados. Um filme de duas horas, por exemplo, será enrolado em 5 ou 6 rolos de até 600 metros cada.

4 Pipoca De Pimenta Rolo de filme em película de 35mm pequeno (até 600 metros por rolo)

Antigamente, os filmes eram exibidos utilizando dois projetores. Enquanto um projetor passava o primeiro rolo do filme, o segundo projetor ficava preparado para exibir o segundo.Enquanto o segundo rolo era exibido, o terceiro rolo era colocado no primeiro projetor e assim por diante. Cabia ao projecionista, nome dado ao profissional encarregado de projetar o filme, fazer a troca de projetores no momento correto. Se você costumava ir ao cinema antigamente você deve se lembrar do sinal que auxiliava o projecionista a fazer essa troca. Faltando apenas 11 segundos para o rolo acabar, um pequeno círculo aparece no canto superior direito da tela, e quando resta apenas 1 segundo de rolo, ele aparece novamente indicando o momento exato no qual o projecionista deve apertar o botão que desliga o primeiro projetor e que liga imediatamente o segundo. Sendo assim, o projecionista podia então colocar o primeiro rolo em outra sala para exibir o mesmo filme, e conforme os rolos fossem acabando, ele os recolocava nos projetores das salas seguintes até que a última sala exibisse o rolo final. Isso permitiu a construção de Cinemas Multiplex, um conjunto de salas num mesmo cinema. Hoje aqueles com 15 a 20 salas são chamados de Cinema Megaplex. Nos cinemas atuais o sistema de exibição em rolos menores não é mais utilizado, já que as bandejas, discos onde ficam enroladas as películas, permitem exibir o filme todo em um único projetor.

5 Pipoca De Pimenta Projetor e bandejas na sala de projeção

Sendo assim o projecionista agora fica encarregado de montar o filme em uma única bandeja, ou seja, ele deve literalmente emendar os rolos das propagandas, avisos do cinema, trailers e os rolos do próprio filme para formar o rolo completo que será exibido de forma contínua. Para isso ele utiliza uma tesoura, um rolo de fita adesiva especial para películas cinematográficas e um aparelho (foto abaixo) que auxilia na montagem e no corte exato da fita adesiva nos furos de tração.

6 Pipoca De Pimenta Coladeira de película de 35mm

7 Pipoca De Pimenta Projecionista emendando a película de 35mm

Depois que a película está completa e montada na bandeja de entrada, o projecionista pode então colocar o filme na entrada do projetor e iniciar a sessão! Para o projetor exibir o filme, a película precisa avançar um frame, parar por uma fração de segundo, e em seguida avançar para o próximo quadro. Antigamente, para fazer isso, o projetor continha uma alavanca, conhecida como garra, que ficava responsável por mover o filme utilizando os seus furos de tração. Hoje os projetores contêm rodas dentadas intermitentes, que giram o suficiente para puxar o filme um quadro, parar por um instante e rodar novamente, também utilizando os furos da película, mas de forma mais precisa e sem gastá-los excessivamente. Os cambers, pequenos rolamentos com molas, ficam responsáveis por esticar o filme auxiliando sua passagem pelas rodas dentadas.

8 Pipoca De Pimenta Película passando pelas rodas dentadas do projetor

Um dos elementos principais do projetor é sua fonte de luz. Antigamente eram usadas lâmpadas de arco voltaico de carvão, mas elas possuem uma vida útil muito curta. Atualmente as lâmpadas de gás xenônio são as mais usadas, têm uma vida útil de aproximadamente 6 mil horas e chegam a custar 5 mil reais cada! A lâmpada fica posicionada no centro do projetor, em um compartimento próprio, e envolta em um refletor parabólico de espelhos. Os espelhos refletem a luz direto para um condensador (conjunto de lentes), que intensifica e focaliza a luz na lente do projetor.

9 Pipoca De Pimenta Lâmpada de projetor cinematográfico

Após sair do compartimento da lâmpada, a luz concentrada se depara com o obturador do projetor. O obturador é um sistema que contém uma lâmina de metal que realiza um ciclo de 24 rotações por segundo. A lâmina bloqueia a luz e só permite que ela passe em certo momento de sua revolução. Esse bloqueio é sincronizado com o avanço da película, de forma que a luz só incide na mesma no momento exato em que cada frame está parado em sua posição correta. Sem o obturador o filme teria imagens tremidas e fantasmas pela tela, além do espectador perceber que a película está em movimento.

10 Pipoca De Pimenta Obturador impedindo a passagem da luz enquanto há a troca de frame pela garra

11 Pipoca De Pimenta Obturador permitindo a passagem da luz enquanto o frame está parado na Janela de Abertura

Depois de passar pelo obturador, antes de atingir o filme, a luz também se depara com outro tipo de condensador, também conhecido como Janela de Abertura. Este é uma espécie de moldura removível de metal que impede a luz de atingir certas partes da película, permitindo que o projetor ilumine apenas o frame do filme. Sem o condensador nós veríamos nas proximidades da tela as faixas de áudio e até mesmo os furos de tração da fita. Eles existem em diversos tamanhos e variam de acordo com as telas de cinema e o tipo de película utilizada no filme.

12 Pipoca De Pimenta Condensador ou Janela de Abertura sobre a película

A luz então passa pela película, que entra no projetor de cabeça para baixo, e em seguida passa pela lente, onde a imagem é invertida e ampliada. Na maioria dos projetores a lente é removível, possibilitando ao projecionista mudá-la de acordo com o formato do filme. As lentes mais comuns são a Plana e a CinemaScope. A maioria dos projetores mais novos tem um sistema de lentes integradas, o projecionista só precisa girar o disco que tem as lentes fixadas para trocar de uma para outra. Após sair da lente, a luz passa pela janela da sala de projeção e finalmente chega à tela!

13 Pipoca De Pimenta Lente de projetor cinematográfico

Mas o processo todo ainda não acabou... Não estamos nos esquecendo de algo? Sim, o som do filme!   Após passar pela lente, a película continua seu caminho até chegar ao leitor de áudio, que fica logo abaixo do projetor. O áudio é interpretado pela leitura das faixas magnéticas gravadas ao lado dos frames na película. O leitor converte as informações em sinais elétricos que são enviados aos amplificadores que, por sua vez, enviam-nos direto às caixas de som espalhadas pela sala do cinema. Como o leitor de áudio fica alguns centímetros abaixo da lente do projetor, para que a imagem e o som fiquem em perfeita sincronia, o áudio do filme é gravado nas faixas magnéticas de 19 a 20 frames adiantados.

14 Pipoca De Pimenta Leitor de áudio do projetor (Acima da bandeja de saída)

Finalmente a película é enrolada novamente na bandeja de saída e, dependendo do projetor, sai de forma que não precisa ser rebobinada, dessa forma, está pronta para exibir o filme na próxima sessão!   Durante muitos anos os projecionistas desenvolveram diversas técnicas inovadoras que permitiram a automação dos projetores de cinema. Uma das mais interessantes e úteis é a Marca Impressa. Trata-se de um pequeno pedaço de metal preso na borda da película do filme em um ou mais locais específicos. Quando a película estiver passando pelo projetor, a marca impressa de metal passa no momento certo por dois contatos elétricos, fechando o circuito e funcionando como um interruptor. A partir daí pode-se programar diversas funções automáticas, tais como apagar as luzes laterais da sala, alterar a lente do projetor, mudar o formato de áudio dos trailers para o filme e até mesmo abrir ou fechar as cortinas que cobrem as laterais da tela de projeção quando esta não é totalmente utilizada.

15 Pipoca De Pimenta Projetor de película de 35mm da rede Cinemark

Hoje em dia, apesar de ainda haver alguns cinemas menores que utilizam projetores antigos, a maioria dos cinemas já conta com equipamentos modernos e automatizados que facilitam o trabalho dos projecionistas e mantém a qualidade dos filmes exibidos em todas as sessões, como é o caso dos projetores digitais! Mas isso é assunto para uma próxima vez!   Por Lucas T. R. Lopes.