Pipoca de Pimenta | Diversão é entender o conteúdo!
Sully – O Herói do Rio Hudson
Publicado por Danilo Calazans em 07.12.2016
Sinopse
A história de Chesley Sullenberger, que se tornou um herói após deslizar o seu avião ao longo das águas do rio Hudson, salvando todos os 155 passageiros a bordo.
Ficha Técnica
  • Direção: Clint Eastwood
  • Roteiro: Todd Komarnicki
  • Gênero: Drama, Histórico, Biografia
  • Produção:
  • Elenco: Tom Hanks, Laura Linney, Aaron Eckhart
  • Nacionalidade: EUA
  • Ano de Produção: 2016
  • Data de Lançamento: 15/12/2016
  • Distribuição: WARNER BROS. PICTURES
Classificação
  • Direção:
  • Roteiro:
  • Fotografia:
  • Trilha-Sonora:
  • Montagem:
  • Efeitos Especiais:
  • Maquiagem:
  • Figurino:
  • Efeitos Visuais:
  • Direção de Arte:
  • Elenco:
sully-poster_ht3aop ‘A história não contada por trás do milagre no Rio Hudson’.
TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE 'SULLY' EM 9 TÓPICOS SIMPLES E OBJETIVOS
1 - AFINAL, QUEM É SULLY? Baseado em fatos reais, o filme conta a história de Chesley Sullenberger, um piloto de avião que se tornou herói nacional após conseguir aterrissar um avião cheio de passageiros em pleno Rio Hudson, devido a uma forte colisão com vários pássaros no céu.
2 – O PROJETO: A direção é do mestre Clint Eastwood, que dispensa apresentações, vencedor de quatro Oscars e indicado a mais sete. O roteiro foi adaptado por Todd Komarnicki, baseado no livro ‘Highest Duty’, co-escrito entre o próprio capitão Sullenberg e Jeffrey Zaslow.
Clint e Tom Hanks, juntos pela primeira vez Clint e Tom Hanks, juntos pela primeira vez
3 - SENDO UMA BIOGRAFIA, DEVE SER BEM LONGO NÃO É MESMO? Na verdade, não é uma biografia da vida do capitão Sully, apenas conta a história do fatídico acidente sob ângulos diferentes. É o filme mais curto da carreira de Clint como diretor, com apenas 1 hora e 36 minutos de duração.
4 – NOVAS E VELHAS PARCERIAS: Será a primeira colaboração do diretor com o premiado ator Tom Hanks, que interpreta o papel principal. Por outro lado, Clint já dirigiu Laura Linney – que interpreta Lorraine, esposa do capitão - em ‘Poder Absoluto’ (1997). O acidente aconteceu no dia 15 de Janeiro de 2009, curiosamente poucos meses antes do navio do capitão Phillips (outro personagem interpretado por Tom Hanks) ter sido sequestrado.
5 - ALÉM DO ACIDENTE, SOBRE O QUE O FILME FALA? Assim como em outras profissões, ser piloto de avião é um cargo de responsabilidade sobre muitas vidas. Portanto, qualquer erro ou decisão que vá contra os procedimentos recomendados acarreta muitos problemas e investigações. Em cima disso, o filme questiona se uma decisão momentânea e contra as regras pode ser suficiente para acabar com toda uma carreira, mesmo que na visão do povo e da mídia o responsável tenha agido corretamente. Mas, e do ponto de vista legal, é justo uma pessoa ser crucificada por um erro?
6 – JÁ CONHEÇO A HISTÓRIA, VALE A PENA ASSISTIR? Considerando a forma como a história é abordada – deixando o espectador em dúvidas se Sully é realmente um herói ou uma fraude - o filme tinha tudo para se tornar desinteressante, já que qualquer pessoa que acompanhou o caso através da grande cobertura televisiva na época conhece o resultado final. Mas não é isso o que acontece. Por que então o filme funciona?
6b – Acredito que ‘Sully’ é um drama sólido e interessante basicamente por dois motivos: a reconstrução do acidente sob novas perspectivas e a grande atuação do elenco. Reconstruir o acidente do ponto de vista de alguns passageiros, do operador de voo que estava encarregado de se comunicar com o piloto durante o ocorrido e da própria tripulação, nos coloca ‘dentro’ do acidente, possibilitando criarmos empatia com aquelas pessoas e entendê-las melhor. Assim, podemos refletir como agiríamos na mesma situação, e essa é uma das grandes magias do cinema, nos fazer experimentar diversas sensações estando do lado seguro da tela.
Apesar de não sair do telefone, Laura passa credibilidade e emoção Apesar de não sair do telefone, Laura passa credibilidade e emoção
6c – Por ser uma trama curta e objetiva, a atuação do elenco é fundamental para o sucesso de ‘Sully’, gerando muita credibilidade àqueles personagens. É verdade que apenas o protagonista possui camadas mais complexas na sua personalidade, mas os coadjuvantes funcionam como pessoas reais dentro da história mesmo com suas limitações, com destaque para o subestimado Aaron Eckhart, que interpreta o cínico e bem-humorado copiloto Jeff Skiles. Embora não contracene em nenhuma cena com Hanks (apesar de conversarem bastante por telefone), Laura Linney também é eficiente e convincente como a preocupada esposa do piloto. E Tom Hanks mais uma vez entrega grande atuação, expressando perfeitamente a postura íntegra e resoluta de Sullenberg.
Tom impressiona pela postura imponente que tem Sully Tom impressiona pela postura imponente que tem Sully
7 – ROTEIRO, DIREÇÃO E ATRIBUTOS TÉCNICOS: O roteiro de Komarnicki é extremamente conciso e objetivo. Praticamente não há espaço para tramas paralelas à investigação da conduta de Sully e a reconstrução do acidente – como mencionei, sequer o casal tem uma cena juntos. Se por um lado isso pode deixar o filme um tanto ‘frio’, por outro, em momento algum é desviado o foco principal da história, o que é um ponto muito positivo. Para gerar suspense, as pistas sobre a elucidação do caso vão sendo soltas aos poucos, trabalhando em conjunto com a montagem que alterna a investigação com momentos que sugerem que Sully pode realmente ser uma fraude.
7b – A direção de Clint também é muito inteligente, pois o filme vai manipulando a expectativa do espectador nos fazendo questionar em certos momentos o que achamos do protagonista e se o que ele fez foi correto ou não. Mas nada disso faria sentido se a reconstrução do acidente não parecesse fiel na tela. E aí está outro grande trunfo do filme. As cenas foram filmadas no mesmo local do Rio Hudson onde os eventos reais aconteceram, com a utilização da nova câmera ALEXA IMAX, que possibilita um maior senso de imagem em movimento e aproxima o filme muito mais da realidade. Os efeitos visuais e a impecável qualidade sonora do filme também ajudam na imersão do espectador, comprovando o esmero que foi dedicado a produção. Seríssimo candidato ao Oscar em todas as categorias técnicas.
Certamente 'Sully' irá concorrer a várias categorias técnicas no Oscar Certamente 'Sully' irá concorrer a várias categorias técnicas no Oscar
8 – CONSIDERAÇÕES FINAIS: É verdade que após o 11/09 os norte-americanos precisavam de uma história de sucesso e um ato de heroísmo vindo dos céus. Diferentemente de ‘O Voo’, por exemplo, que trata de um tema parecido, mas com a transformação de um personagem dúbio, ‘Sully’ resgata exatamente o heroísmo de um homem comum, que estava no lugar certo, na hora certa para fazer o seu trabalho. A montagem é muito inteligente, alternando fatos para agregar suspense e não deixar o ritmo monótono. ‘Sully’ é visualmente impressionante, mas tem capacidade de emocionar com as rotinas de voo e histórias de passageiros – inclusive, alguns sobreviventes aparecem dando depoimentos no final do filme. Se pode parecer desmotivador já saber o desfecho da história antes mesmo de assistir, o grande sucesso do filme foi tornar tudo tão plausível.
9 - UM MOMENTO APIMENTADO: O resgate na água, com as balsas e a equipe de mergulhadores é bastante realista e emocionante.
Grande cena reproduzindo o resgate no rio Hudson Grande cena reproduzindo o resgate no rio Hudson
Tags
Vem Comentar!
Apagar Luz
Assistir ao Trailer
Pimenta FinalPimenta Dedo-de-Moça
A Pimenta Dedo-de-Moça é uma pimenta saborosa que pode ser encontrada líquida, fresca, em conserva ou desidratada na forma de flocos com sementes. É uma das pimentas mais famosas do Brasil. Representa os filmes bons, que valem a pena assistir, e que de alguma forma, conseguem despertar diferentes emoções no espectador.
Sinopse
A história de Chesley Sullenberger, que se tornou um herói após deslizar o seu avião ao longo das águas do rio Hudson, salvando todos os 155 passageiros a bordo.
Ficha Técnica
  • Direção: Clint Eastwood
  • Roteiro: Todd Komarnicki
  • Gênero: Drama, Histórico, Biografia
  • Produção:
  • Elenco: Tom Hanks, Laura Linney, Aaron Eckhart
  • Nacionalidade: EUA
  • Ano de Produção: 2016
  • Data de Lançamento: 15/12/2016
  • Distribuição: WARNER BROS. PICTURES
Classificação
  • Direção:
  • Roteiro:
  • Fotografia:
  • Trilha-Sonora:
  • Montagem:
  • Efeitos Especiais:
  • Maquiagem:
  • Figurino:
  • Efeitos Visuais:
  • Direção de Arte:
  • Elenco:
sully-poster_ht3aop ‘A história não contada por trás do milagre no Rio Hudson’.
TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE 'SULLY' EM 9 TÓPICOS SIMPLES E OBJETIVOS
1 - AFINAL, QUEM É SULLY? Baseado em fatos reais, o filme conta a história de Chesley Sullenberger, um piloto de avião que se tornou herói nacional após conseguir aterrissar um avião cheio de passageiros em pleno Rio Hudson, devido a uma forte colisão com vários pássaros no céu.
2 – O PROJETO: A direção é do mestre Clint Eastwood, que dispensa apresentações, vencedor de quatro Oscars e indicado a mais sete. O roteiro foi adaptado por Todd Komarnicki, baseado no livro ‘Highest Duty’, co-escrito entre o próprio capitão Sullenberg e Jeffrey Zaslow.
Clint e Tom Hanks, juntos pela primeira vez Clint e Tom Hanks, juntos pela primeira vez
3 - SENDO UMA BIOGRAFIA, DEVE SER BEM LONGO NÃO É MESMO? Na verdade, não é uma biografia da vida do capitão Sully, apenas conta a história do fatídico acidente sob ângulos diferentes. É o filme mais curto da carreira de Clint como diretor, com apenas 1 hora e 36 minutos de duração.
4 – NOVAS E VELHAS PARCERIAS: Será a primeira colaboração do diretor com o premiado ator Tom Hanks, que interpreta o papel principal. Por outro lado, Clint já dirigiu Laura Linney – que interpreta Lorraine, esposa do capitão - em ‘Poder Absoluto’ (1997). O acidente aconteceu no dia 15 de Janeiro de 2009, curiosamente poucos meses antes do navio do capitão Phillips (outro personagem interpretado por Tom Hanks) ter sido sequestrado.
5 - ALÉM DO ACIDENTE, SOBRE O QUE O FILME FALA? Assim como em outras profissões, ser piloto de avião é um cargo de responsabilidade sobre muitas vidas. Portanto, qualquer erro ou decisão que vá contra os procedimentos recomendados acarreta muitos problemas e investigações. Em cima disso, o filme questiona se uma decisão momentânea e contra as regras pode ser suficiente para acabar com toda uma carreira, mesmo que na visão do povo e da mídia o responsável tenha agido corretamente. Mas, e do ponto de vista legal, é justo uma pessoa ser crucificada por um erro?
6 – JÁ CONHEÇO A HISTÓRIA, VALE A PENA ASSISTIR? Considerando a forma como a história é abordada – deixando o espectador em dúvidas se Sully é realmente um herói ou uma fraude - o filme tinha tudo para se tornar desinteressante, já que qualquer pessoa que acompanhou o caso através da grande cobertura televisiva na época conhece o resultado final. Mas não é isso o que acontece. Por que então o filme funciona?
6b – Acredito que ‘Sully’ é um drama sólido e interessante basicamente por dois motivos: a reconstrução do acidente sob novas perspectivas e a grande atuação do elenco. Reconstruir o acidente do ponto de vista de alguns passageiros, do operador de voo que estava encarregado de se comunicar com o piloto durante o ocorrido e da própria tripulação, nos coloca ‘dentro’ do acidente, possibilitando criarmos empatia com aquelas pessoas e entendê-las melhor. Assim, podemos refletir como agiríamos na mesma situação, e essa é uma das grandes magias do cinema, nos fazer experimentar diversas sensações estando do lado seguro da tela.
Apesar de não sair do telefone, Laura passa credibilidade e emoção Apesar de não sair do telefone, Laura passa credibilidade e emoção
6c – Por ser uma trama curta e objetiva, a atuação do elenco é fundamental para o sucesso de ‘Sully’, gerando muita credibilidade àqueles personagens. É verdade que apenas o protagonista possui camadas mais complexas na sua personalidade, mas os coadjuvantes funcionam como pessoas reais dentro da história mesmo com suas limitações, com destaque para o subestimado Aaron Eckhart, que interpreta o cínico e bem-humorado copiloto Jeff Skiles. Embora não contracene em nenhuma cena com Hanks (apesar de conversarem bastante por telefone), Laura Linney também é eficiente e convincente como a preocupada esposa do piloto. E Tom Hanks mais uma vez entrega grande atuação, expressando perfeitamente a postura íntegra e resoluta de Sullenberg.
Tom impressiona pela postura imponente que tem Sully Tom impressiona pela postura imponente que tem Sully
7 – ROTEIRO, DIREÇÃO E ATRIBUTOS TÉCNICOS: O roteiro de Komarnicki é extremamente conciso e objetivo. Praticamente não há espaço para tramas paralelas à investigação da conduta de Sully e a reconstrução do acidente – como mencionei, sequer o casal tem uma cena juntos. Se por um lado isso pode deixar o filme um tanto ‘frio’, por outro, em momento algum é desviado o foco principal da história, o que é um ponto muito positivo. Para gerar suspense, as pistas sobre a elucidação do caso vão sendo soltas aos poucos, trabalhando em conjunto com a montagem que alterna a investigação com momentos que sugerem que Sully pode realmente ser uma fraude.
7b – A direção de Clint também é muito inteligente, pois o filme vai manipulando a expectativa do espectador nos fazendo questionar em certos momentos o que achamos do protagonista e se o que ele fez foi correto ou não. Mas nada disso faria sentido se a reconstrução do acidente não parecesse fiel na tela. E aí está outro grande trunfo do filme. As cenas foram filmadas no mesmo local do Rio Hudson onde os eventos reais aconteceram, com a utilização da nova câmera ALEXA IMAX, que possibilita um maior senso de imagem em movimento e aproxima o filme muito mais da realidade. Os efeitos visuais e a impecável qualidade sonora do filme também ajudam na imersão do espectador, comprovando o esmero que foi dedicado a produção. Seríssimo candidato ao Oscar em todas as categorias técnicas.
Certamente 'Sully' irá concorrer a várias categorias técnicas no Oscar Certamente 'Sully' irá concorrer a várias categorias técnicas no Oscar
8 – CONSIDERAÇÕES FINAIS: É verdade que após o 11/09 os norte-americanos precisavam de uma história de sucesso e um ato de heroísmo vindo dos céus. Diferentemente de ‘O Voo’, por exemplo, que trata de um tema parecido, mas com a transformação de um personagem dúbio, ‘Sully’ resgata exatamente o heroísmo de um homem comum, que estava no lugar certo, na hora certa para fazer o seu trabalho. A montagem é muito inteligente, alternando fatos para agregar suspense e não deixar o ritmo monótono. ‘Sully’ é visualmente impressionante, mas tem capacidade de emocionar com as rotinas de voo e histórias de passageiros – inclusive, alguns sobreviventes aparecem dando depoimentos no final do filme. Se pode parecer desmotivador já saber o desfecho da história antes mesmo de assistir, o grande sucesso do filme foi tornar tudo tão plausível.
9 - UM MOMENTO APIMENTADO: O resgate na água, com as balsas e a equipe de mergulhadores é bastante realista e emocionante.
Grande cena reproduzindo o resgate no rio Hudson Grande cena reproduzindo o resgate no rio Hudson